foder por gosto não cansa

Friday, June 10, 2005

Do que o pais precisa é de uma boa queca

Hoje estive a ver aquela coisa, como é que se chama… Ah: o Telejornal… Tantos problemas, tantos problemas... Cheguei à conclusão de que o que aqueles gajos todos precisam é de uma boa queca.
E o que será de nós, portugueses, se continuarmos a ser governados por senhores com falta de ratinha? Isto assim vai de mal a pior.

Por isso eu, num ímpeto altruísta, decidi dedicar a minha existência a causas maiores. Hoje de manhã, peguei nas minhas merdas e fui para a porta da Assembleia prestar as minhas quecas a quem delas quisesse usufruir.
Levava um chapéu de abas largas, uma blusa, e uma cartaz a dizer “Fodas, dão-se”.
Mas o que é certo é que fui expulsa a pontapé pelos guardas que lá estavam, que nem quiseram saber quando eu me propus explicar como e em que dimensão a minha vagina iria contribuir para o bem da Humanidade. Nada, pontapearam-me dali para fora sem dó nem piedade.
Claro que isso me excitou imensamente, porque a violência na cama é o melhor que há para uma gaja. Ainda lhes tentei chamar a atenção para este ponto. Mas estes gorilas, mais frígidos do que umas frigideiras, não quiseram saber e mandaram-me para a esquadra.
O que até foi bom, pois pude por em pratica a minha fantasia centenária por gajos fardados. Nessa noite, pinei senhores policias até não puder mais.
Posso não ter salvo o mundo desta vez, mas lá me safei de umas multas.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home