foder por gosto não cansa

Tuesday, June 28, 2005

Contestação

No outro dia um amigo meu vira-se para a minha pessoa e diz: “Ó fodilhona, o teu blog é uma merda”.
“Porquê?”, perguntei eu.
“Olha, porque a única coisa que tu sabes fazer, é pegar num assunto qualquer e relaciona-lo com sexo. Isso também eu.”. Disse-me ele, ao mesmo tempo que me comia por detrás.

Ora, é mentira. Este meu amigo, para além de ser uma péssima foda, não percebe nada do que eu faço neste blog. Nenhuma das criticas que ele me fez, são plausíveis:

Primeiro , porque tudo tem, de facto, a ver com sexo. A Vida inteira é, ela própria, baseada nas quecas que uma gaja dá. Consequentemente, se eu pegar num assunto, é claro que ele vai ter a haver com sexo, a culpa não é minha. Querem um exemplo? Por exemplo:
“Os rituais de emigração das formigas encarnadas das planícies do Nepal”:
Tem a ver com sexo, na medida em que eu uma vez levei um daqueles gajos que vendem flores nos restaurantes para casa, que era Nepalês, e lhe mandei uma grandessíssima pincalhada. Não percebia nada do que ele dizia, porque era Nepalês e a única coisa que sabia dizer em Português era “cinquenta escudo”, mas isso não foi um obstáculo relevante. Porque ele sabia lamber conas que era uma delicia, e ainda fazia coisas giras com as flores.
Quanto às formigas, uma vez estava muito bem a exercitar a posição de missionário em pleno campo, quando no final sinto umas picadas diabólicas na ratinha. Fui a ver, era a puta das formigas. Aprendi a nunca mais foder no campo, ou se sim, ficar sempre em cima para as formigas irem pelo cu do gajo e não me lixarem a mim. Como vêem, as formigas também têm a ver com sexo.

Segundo, porque, apesar disso, eu não preciso de relacionar o sexo com nada. O sexo vale por si. Foder é tão bom que, quando estou a mandar uma, não estou a pensar em mais merda nenhuma. E há varias maneiras de foder. Foder em pé, foder à cãozinho, foder à alpinista, enfim… o mundo inteiro é uma foda, à espera de ser descoberta.

3 Comments:

  • At 4:41 AM, Blogger Froostrado said…

    O Nepalês podia ser bom na foda, mas era muito mau nos negócios. Quando tentei comprar uma dessas rosas para funcionar como um catalizador para a foda, o monhé pediu-me cinco euros!
    Ou se calhar eles vendem tão caro precisamente para não vender nenhuma na esperança de encontrar alguma tarada como tu...

    Quéfrô?

     
  • At 2:14 AM, Blogger Alexandre Gil said…

    Epa, e assim de repente este blog fez-me lembrar um que em tempos lia com gosto.

    Um Sem-Qualquer-Coisa...

    Enfim, não interessa, força aí jovem!

    O importante é nunca desistir e continuar a escrever com afinco e muita imaginação!

     
  • At 6:13 AM, Blogger alfredo monteiro said…

    Na net já vi que pinas muito,mas cuidado que a pinar assim ou te rompes toda ou daqui a pouco só tens sensibilidade na rata quando te meterem um tubo de 32 polegadas

     

Post a Comment

<< Home